A importância do perdão nas nossas vidas.
A importância do perdão nas nossas vidas.

A importância do perdão nas nossas vidas.



Você já parou para pensar na importância do perdão nas nossas vidas? Veja nesse texto como isso nos influencia positivamente e saiba porque a desculpa não é a mesma coisa que o perdão.

 

Viver é, ao mesmo tempo, dádiva e compromisso. Tudo o que acontece tem um objetivo e cabe a nós percebermos isso da melhor forma para podermos sempre aprender algo novo. Quando alguém nos magoa ou nos decepciona, experimentamos uma das piores sensações humanas: a falta de confiança naqueles que, um dia, nos trouxeram tantas alegrias. Hoje, vamos abordar a importância do perdão para a vida na terra e após a ela.


pedimos se também podemos dar.

“Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”. Esse é um dos versos da oração mais famosa do mundo. Não são muitos os que param para perceber o significado real disso. Ao mesmo tempo que pedimos a Deus perdão pelas nossas falhas, dizemos a Ele que perdoamos aquelas pessoas que, de alguma forma, nos fizeram mal. Isso representa um compromisso que assumimos com Deus, de perdoar os nossos semelhantes, não importando o quão doloroso isso seja.

 

Nem sempre é fácil oferecer o perdão.

É claro que o perdão muitas vezes é algo difícil de concedermos a alguém. Há casos em que estamos tão decepcionados que não conseguimos, se quer, olhar para quem nos fez mal. No entanto, a sabedoria nos diz que pudemos sim termos um tempo para nós mesmos, para refletirmos e, então, dar o perdão para quem nos ofendeu. Quando alguém lhe desmerecer, de alguma forma, pense bem na sua vida, nos seus propósitos e valores e tire um tempo para si. Essa é a melhor maneira de aceitar dentro de si mesmo as circunstâncias da vida e de achar forças para oferecer o perdão.

 


Aprendendo com os outros.

O perdão nos torna mais leves e responsáveis pelos nossos aprendizados na vida que não dependem somente da gente. O que torna a vida plural e que nos ajuda nos aprendizados, é justamente o fato de poder aprender com as pessoas, seja através de bons ou maus exemplos, dos erros dela para com os outros e para conosco. A observação é a maneira que o sábio tem de aprender a não errar, ou melhor, a errar menos, pois ninguém é imune a erros, mas podemos sim, evitá-los e quando cometê-los, termos a sensibilidade suficiente para tirar as lições daquilo.

 

A diferença entre o perdão e a desculpa.

Mário Sérgio Cortella diz que o perdão é algo muito mais intenso que a desculpa, pois o perdão exime quem o pratica da responsabilidade do erro, diferente da desculpa, que apenas remove parte do sentimento negativo em relação a determinada situação, mas essa pessoa ainda terá de arcar com as responsabilidades sobre os seus erros. O perdão surge quando você, única e puramente decide que o ato que aquela pessoa praticou não tem mais influência nenhuma na sua vida e nem na relação de vocês. É isso que torna o perdão algo tão sublime, tão especial, singular e difícil de ser efetivamente dado a alguém. O perdão, mais do que a desculpa, é a ausência da responsabilidade sobre o erro cometido por escolha o ofendido.    

 


Emanar a luz do amor, da compaixão e do perdão.

Dado isso, podemos olhar para dentro de nós mesmos e ver todos aqueles que ainda prendemos dentro de nós pela falta de perdão. Alivie a sua consciência e as angústias do seu coração perdoando sinceramente aqueles que te fizeram mal. Isso só trará coisas positivas a você e também àquela pessoa que lhe ofendeu. Jamais deixe de ser bom simplesmente porque te aprontaram algo, não modifique a sua natureza em prol de aceitação ou de tentar ‘dar o troco’, isso só traz mais amargura e sentimentos ruins. Seja a luz e deixe que ela brilhe através do seu coração e para que todos que te olhem sintam algo tão bom que não vão ousar a te fazer mal. Então, o perdão não será mais necessário.

 





Conheça as empresas do nosso grupo




Clique para Ligar
Fale por WhatsApp

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias para oferecer melhor experiência e conteúdos personalizados, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Li e aceito as políticas de privacidade.