Quebrando o tabu: o medo da morte desaparece com o foco na vida.
Quebrando o tabu: o medo da morte desaparece com o foco na vida.

Quebrando o tabu: o medo da morte desaparece com o foco na vida.



Superar o medo da morte é fundamental para viver tranquilamente. Saiba como fazê-lo através de um propósito na vida e veja como tudo fica mais fácil quando aceitamos essa parte inevitável de nossas vidas.

 

 


A morte é um dos assuntos mais controversos entre os seres humanos. Tudo que está relacionado a esse assunto encontra uma série de obstáculos de expressão. As pessoas tendem a ocultar seus reais desejos e pensamentos sobre muitas particularidades por medo da morte. No entanto, quanto de forma mais natural esse assunto for tratado, melhor será para a saúde mental do indivíduo e para o seu círculo social. Vamos explorar neste artigo os principais aspectos referentes ao medo da morte e como isso pode ser superado de maneira natural.

 

Medo de atrair coisas ruins.

Há muitas pessoas que confessam ter medo da morte ou simplesmente de falar sobre isso por receio que tal assunto possa atrair coisas ruins. Respeito às superstições à parte, quando você encara o assunto com naturalidade, você não abre espaço para que as energias negativas minem seu pensamento. Uma vez que você está seguro de si, tem consciência de que a morte um dia virá, mas segue vivendo a sua vida da melhor maneira possível, tais supostas influências negativas não vão pairar sobre você, acredite.



Como desprender-se do medo da morte através de um propósito.

Uma das maneiras de ir livrando-se aos poucos do medo da morte é estabelecendo os propósitos para a sua vida. Uma vida com propósito é fundamental na busca pela sua plenitude e o encontro com a tranquilidade. Você pode encontrá-lo, basicamente, no amor às pessoas e até mesmo às coisas. Quando você consegue estabelecê-lo, tudo parece fazer muito mais sentido e as ideias ficam cada vez mais claras. Defina os seus pequenos objetivo sobre um grande objetivo chamado propósito.

 


Aceite-se como um espiral.

De primeiro, essa frase pode causar estranheza, mas logo trazemos o seu sentido: o espiral começa em um ponto e vai crescendo circularmente até que acaba. Assim somos nós. Através de um pequeno ponto surgimos e vamos nos desenvolvendo, aprendendo e revisando tudo que passa pelas nossas vidas até que o nosso dia final chega. Ter medo da morte só vai fazer com que você não desenvolva esse espiral da maneira mais sábia possível. Tenha consciência de ele acaba e que você não tem controle sobre quando isso vai acontecer, mas pode trabalhar para que todo o caminho até esse fim seja o mais bonito possível.

 

Fale naturalmente e plante a semente.

Quando você se desprende do medo da morte e começa a tratar isso com naturalidade, você contagia as pessoas a sua volta. Isso acontece com qualquer coisa, basta observar. As maiores ideias são semeadas a fim de que cresçam nos corações das pessoas. Seja perseverante com as suas ideias e ideais e mostre convicção no seu discurso, mas sempre com muita delicadeza. Perceba-se como o fruto da vida que faz parte de um projeto finito e aceite isso.